Debates e estudo de temas relacionados a Direito e Processo do Trabalho. Livros, e-books e materiais jurídicos. Pesquisas e críticas acadêmicas. Democratização do ensino. Concursos públicos. Finalidade altruística e vocacional.

terça-feira, 8 de setembro de 2020

O bom filho a casa torna

O bom filho a casa torna

No dia 28 de agosto de 2020 tomei posse por meio de videoconferência no Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região. Antes da sessão, houve uma recepção esplêndida pelo CSJT, sob a presidência da Exma. Ministra Maria Cristina Peduzzi.

O evento virtual foi magnífico! Contou com a presença de várias autoridades, dos 15 juízes removidos e dos novos 17 juízes que foram nomeados nos Tribunais Regionais do Trabalho da 8ª e 14ª Regiões.

No ambiente virtual de Goiás, contamos com os belos discursos do Presidente Dr. Paulo Pimenta, da Dra. Ceumara e da Dr. Marcella Dias. Fiquei com a importante leitura do termo de compromisso: “Prometo cumprir fielmente os deveres do cargo de juiz do trabalho substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, respeitando as leis e a Constituição da República”.

É uma emoção inenarrável retornar ao meu Estado de origem. Ainda mais no mesmo Tribunal em que minha mãe e eu fomos servidores!

É como sempre digo, tudo resulta de um projeto familiar de amor e esperança pela Justiça do Trabalho. Não conseguiria nada sem o carinho e o apoio incessante de minha maravilhosa esposa, meus lindos filhos e meus dedicados pais.

Sempre quis ter uma experiência em outra localidade. E foi muito melhor do que o esperado. Foram os anos mais incríveis tanto na minha vida profissional e também no aspecto familiar.

Volto com uma bagagem gigantesca em termos jurídicos. Com certeza, sou uma pessoa melhor do que aquela que veio na Amazônia Ocidental. Hoje sou juiz, professor, escritor e mestre em Direito pelas oportunidades concedidas no Estado de Rondônia, que ficará para sempre guardado em meu coração.

Sei dos grandes desafios que me aguardam em terras goianas e também as problemáticas advindas deste estágio atual de pandemia da Covid-19, porém estou disposto a me esforçar, sempre com alegria e paixão, para entregar uma prestação jurisdicional justa e célere.

Termino aqui fazendo referência a uma de minhas frases mais célebres publicada no meu livro pela Editora Juspodivm: “Sejam mais do que meros juízes de suas vidas, sejam autênticos magistrados de suas virtudes! Vocacionem-se!” (Wagson Lindolfo José Filho)


Wagson Filho




Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...